Após vendas de abadás encalharem, Gusttavo Lima recua de bloco em Salvador e prioriza participações em camarotes

Date:

O cantor sertanejo Gusttavo Lima, reconhecido por seus sucessos na música brasileira, decidiu não liderar seu bloco no Carnaval de Salvador após um adiamento anterior para 2024. Com abadás encalhados no valor de R$ 2 mil, o artista direcionará seu foco para apresentações em camarotes na festa baiana, adotando uma estratégia alternativa.

Em janeiro do ano passado, Gusttavo Lima havia anunciado o adiamento de seu bloco no Carnaval de Salvador para 2024. Entretanto, devido às dificuldades nas vendas dos abadás, o cantor optou por não participar do desfile com trio elétrico. Agora, ele concentrará suas energias em apresentações em camarotes, uma alternativa mais viável diante das circunstâncias.

Gusttavo Lima não deixará de celebrar o Carnaval, mas mudará o enfoque para o “3Ranchos Fest Folia” em Goiânia, participando de um dos eventos mais esperados da cidade. O show está agendado para o dia 11 de fevereiro, onde o artista promete levar toda sua energia e carisma para o palco.

A decisão de Gusttavo Lima de não liderar um bloco no Carnaval de Salvador reflete uma mudança estratégica em sua carreira. Enquanto isso, sua influência e popularidade no cenário musical brasileiro continuam intactas, evidenciadas pelo sucesso contínuo de suas canções e a expectativa em torno de suas apresentações. Cássio Sampaio, o compositor de “Balada (Tchê Tchê Rere),” primeiro sucesso internacional de Gusttavo Lima, revelou ter lucrado milhões com a canção e criticou o sertanejo em relação à sua expulsão da Globo. Sampaio chegou a processar Gusttavo Lima, encontrando-se com ele apenas nos tribunais.

Em uma entrevista ao Portal G1, Cássio, que anteriormente era bancário, revelou ter lucrado mais de 5 milhões de reais com os direitos autorais de “Balada,” que chegou ao topo das paradas internacionais. O compositor afirmou que a música interpretada por Gusttavo Lima o retirou da pobreza, proporcionando-lhe uma condição financeira muito favorável. Apesar de mais de oito anos desde o lançamento, “Balada” ainda continua gerando lucros para o compositor e Gusttavo Lima. A música mudou a vida de ambos, mas os milhões não foram suficientes para Cássio Sampaio, que processou o cantor por “roubar” todos os créditos para si e não mencionar seu nome ao falar sobre o sucesso e a composição da canção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Mais lidos

Mais como este
Related

Nova fase! Taylor Swift anuncia álbum inédito após vitória no Grammy

Após conquistar o Grammy de Álbum do Ano pela...

Filho adotivo de Gal Costa envolvido em conflito com viúva da cantora

Gabriel Costa, filho adotivo de Gal Costa, e Wilma...

‘Renascer’ quebra recorde de audiência de 2022 na Globo

A trama de José Inocêncio continua a cativar o...

Ator de Smallville acusado de comentário racista sobre Beyoncé

John Schneider, conhecido por seu papel em séries como...